quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

2015

Este ano que hoje acaba foi um ano bom, sem nada de especial a apontar. Foi também provavelmente o ano mais rápido de sempre, passou a correr. Foi o ano em que esqueci de vez os ginásios e comecei a correr. Corri os meus primeiros 10km na Corrida do Benfica em Abril e desde aí voltei a correr muitas vezes 10km. Comprei uma máquina como deve ser, para, entre outras coisas, poder partilhar mais regularmente looks convosco. Dediquei-me a sério ao blogue e arranjei um emprego novo. Foi o ano em que comecei a tirar o Mestrado e em que percebi que custa mesmo muito estudar e trabalhar ao mesmo tempo. Não li muito, mas vi muitos filmes e séries. Não viajei para fora do país, mas visitei muitas cidades de Portugal, de norte a sul, tanto em lazer como em trabalho. Tive umas férias muito descansadas em pleno Agosto, em Ferragudo. Comprei o primeiro anel da Pandora e recebi outro como prenda. Tive finalmente as UGG que tanto queria. Mas, mais importante que tudo, tive sempre a minha família e amigos junto de mim. Amor, amizade, carinho, saúde e trabalho. Até porque, se pensarmos bem, isso é mesmo o mais importante de tudo. Se 2016 não for melhor, que pelo menos seja tão bom como 2015.


Bom ano para todos vocês!


Algarve aqui vou eu

Já está marcada há muito tempo esta passagem de ano pelo Algarve. Por isso aqui vou eu, apesar de ainda não estar totalmente boa, pode ser que os novos ares me deixem melhor. O que duvido seriamente visto que está um tempo ranhoso.


Vou partilhando fotos pelos sítios do costume (facebook e instagram).

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

3 anos de Maisie

A Maisie não foi comprada. Apesar de ser um labrador puro ela não estava para venda. E essa foi a minha sorte (e a dela). Ela tinha 2 meses e meio e não andava, não conseguia sequer segurar-se nas quatro patas, não tinha força. Não sei qual será a história dela até aquele dia, não sei o que aconteceu, nem quem são os pais dela. Para mim e para ela a nossa história começou naquele dia, uma tarde de domingo. Eu não andava à procura de um cão nem podia sequer ter mais um, já tinha (e tenho) quatro e um gato. Mas o "não posso" nunca funcionou comigo. Fomos àquela loja de animais por acaso naquele dia, apesar de nenhum de nós gostar muito dela temos o hábito de passar por lá sempre que fica de caminho. A loja tem um canil/gatil e era lá que a Maisie estava, tão pequenina, um labrador de nariz cor-de-rosa e olhos clarinhos. Levantou a cabeça e olhou para nós - sinceramente, parecia ter desistido do mundo (como eu te percebo fofinha). Quando olhei para o placar com a informação sobre ela vi que era fêmea, tinha nascido dia 30 de dezembro, tentei ver o preço mas, ao contrário de todos os outros cães, dizia "para adoptar". Achei tão estranho e chamei-a, ela levantou-se e tentou andar a muito custo mas depressa se arrependeu e voltou a deitar-se. Fomos falar com os donos da loja, diziam que não sabiam o que tinha acontecido mas que devia ter algum problema e por isso estava para dar, eles achavam que a Maisie não valia dinheiro nenhum. Estavam tão enganados. Levei-a comigo nesse mesmo dia, depois de pedir para a pegar ao colo não a larguei mais, parecia ter muito menos do que 2 meses e cheirava tão mal. Quando cheguei a casa dei-lhe logo banho, sequei-a e penteei-a. Ela não se queixou nem um bocadinho. Levei-a ao veterinário que a vacinou e me disse que esperasse ela ir crescendo para ver se andava bem. Comecei logo a dar passeios com ela e apesar de não andar muito bem ela foi ficando melhor ao longo do tempo. Sempre teve muito medo das outras pessoas e havia alturas em que nem queria sair de casa do pavor que sentia. Eu não sei o que lhe aconteceu e se calhar é melhor nem saber. Com o tempo deixou de ter medo de ir à rua, mas ainda custa muito a confiar em alguém. A Maisie cresceu comigo, lembro-me de todos os dias ela parecer um bocadinho maior e a verdade é que é um dos maiores labradores que conheço, sendo muito mais alta do que o normal. Aprendeu a sentar, a deitar, a dar as patinhas, a andar sempre perto de mim mesmo sem trela. Anda de carro, vai à praia, vai a todo o lado, viveu em Madrid, gosta muito dos manos e trata-os muito melhor do que eles a ela. Continua muito trapalhona, farta-se de patinar na varanda e rói tudo o que lhe aparece à frente. Mas nunca estragou nada importante e nunca faz porcaria dentro de casa. Faz hoje três anos que a Maisie nasceu, quase três que a tenho comigo e apetece-me agradecer todos os dias por ter estado no sítio certo, à hora certa. Não sei como ia viver sem ela, sem ouvir o ladrar dela sempre que chego a casa, sem tê-la a saltar para cima de mim, sem os nossos passeios, sem a ver todos os dias, sem a poder apertar. A Maisie ensinou-me um amor enorme, um amor diferente, que só quem tem um cão consegue compreender.

Parabéns pequena grandalhona! Obrigada por teres aparecido na nossa vida.


Look #72: new year's eve

Hoje trago-vos uma sugestão que me parece óptima para dar as boas-vindas ao novo ano que aí vem. É um look quentinho para andar na rua e, tirando o casaco, perfeito para estar dentro de portas, onde está sempre mais calor. Estas botas já são antigas e tenho alguma dificuldade em conjugá-las para looks do dia-a-dia, no entanto são mesmo "o" calçado para estes dias mais especiais. Gostei de ver o padrão da saia-calção com o do casaco, visto que são nos mesmos tons e combinam muito bem. A camisola é um básico em que o decote faz toda a diferença. E como este look pede acessórios decidi usar os meus anéis da Pandora (gosto tanto deles!), este brinco da Zara que adoro e um relógio mais sóbrio.


terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Abaixo os colares entrelaçados

Em Agosto quando fui de férias (saudadeeees) levei uns colares e outra bijuteria que, como é óbvio, nem usei. Quando cheguei a casa e me pus a arrumar as coisas reparei que dois dos colares se tinham entrelaçado um no outro, uma coisa demoníaca. Ainda tive umas duas horas de volta daquilo, mas desisti. Entretanto ainda fui pegando neles, até porque queria usá-los, mas desisti sempre. Hoje, estando doente em casa, decidi que era o dia de eles se separarem para sempre (ou pelo menos durante uns tempos que isto já se sabe que são bichos com vida própria). Tive ali umas horas (meia hora vá) de roda deles, já a pensar qual é que gostava menos para o partir ou coisa que o valha, ao menos salvava-se um e pronto, mas lá consegui salvar os dois. Agora estão ali cada um no seu canto do quarto, para ver se não voltam a fazer-me esta brincadeira tão cedo.

Sobre os piropos e tal

Eu já escrevi sobre isso neste texto:


Não conheço os contornos da lei nem o que está previsto, mas também não me interessa muito, visto que em Portugal há poucas leis que são efectivamente cumpridas.

Oficialmente de cama

Fui ao médico, teve mesmo de ser. Tenho a garganta toda inflamada, infecção respiratória e tenho antibiótico para tomar. Estou por casa, mais ou menos de cama, que já se sabe que não sou de estar totalmente parada. Mas é de evitar apanhar frio e mudanças de temperatura, por isso vamos lá portar bem que eu gostava mesmo de não estar de cama na passagem de ano.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Promoções e mais promoções #4

Começaram hoje os saldos mais "a sério". É a loucura nos centros comerciais, dá mesmo vontade de fugir e comprar tudo o que precisamos online. Mas vá, não pensemos nisso, pensemos em descontos jeitosos em peças que adoramos. Vamos até à Zara (claro!) ver o que vale a pena, na minha opinião.


Prenda de Natal


Uma constipação, gripe ou lá que raio isto é. Só sei que me dói a cabeça, os ouvidos, o nariz, a garganta e tenho febre. Desculpa lá oh Pai Natal, mas se é para isto mais valia não me teres dado nada.


Star Wars: episódio VII

Pronto, podemos finalmente parar de falar do Star Wars, agora que já fui ao cinema ver o tão esperado filme. Fui ontem ao Colombo, ver em IMAX 3D. Nunca tinha visto nenhum filme em IMAX e deixem-me que vos diga: é demais! E olhem que eu detesto 3D. Mas neste vale muito a pena. O filme está mesmo demais, muito bem feito, prende-nos ao ecrã do início ao fim, durante mais de 2 horas sem intervalo. Como ainda não tinha tido acesso a nenhum spoiler (thank god) pensei que o filme não tivesse nenhuma revelação especial, mas tem. Sim, algumas coisas são de esperar e demasiado óbvias, mas não deixa de ser um excelente filme.

Look #71: blue kimono

Ora então parece que o Natal já passou e, mais uma vez, demasiado rápido. Por acaso não me posso queixar porque aproveitei os dias para descansar e passar muitas horas no sofá. Na véspera de Natal ainda fui correr, mas de resto foi mesmo o dolce fare niente. Este kimono foi uma prenda de Natal antecipada, enviada pela Romwe, que adorei! É tão diferente e tão giro, perfeito para aqueles dias de sol não muito frios. Espero que gostem do look. Ainda esta semana trago um look como sugestão para a Passagem de Ano!


domingo, 27 de dezembro de 2015

sábado, 26 de dezembro de 2015

No meu iPod #73


Bom fim-de-semana!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Isto no próximo Natal está feito, sem problema

Feliz Natal

Sempre desejei do fundo do coração que todos fossem felizes, que as pessoas que mais gosto estejam sempre bem e com saúde. É por isso que neste Natal desejo mais uma vez que estejam bem, que sejam felizes e que tenham momentos simples e de pura alegria. Desejo a todos vocês, muitos ou poucos, os que me seguem e que de alguma forma gostam deste meu cantinho, um Feliz Natal, cheio de amor e muita muita alegria. Porque no fim do dia é apenas isso que importa. Quero lá saber das prendas e do dinheiro, hoje quero apenas pensar nos momentos felizes junto à lareira, a construir o meu puzzle, com a minha família e aqueles que realmente gosto. Com os meus animais que não fazem ideia do que se passa, mas adoram o simples facto de estarmos todos em casa.

Fiquem com algumas fotos de ontem que fui partilhando pelo Instagram.

Dory a dormitar

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Look #70: merry christmas

E porque é Natal tenho um look natalício para vos mostrar. Não, não mete camisolas de lã com renas de nariz vermelho. Mas tem estrelas, bourdeaux e vermelho. Eu acho que está muito natalício, sem ser piroso (que me desculpem as pessoas que gostam de camisolas de lã com renas). O casaco é a grande novidade do look e foi um achado na Zara Kids. Sim, também me deu para espreitar a zona de criança da Zara para ver o que se encontrava de jeito por lá. O casaco é tão fofinho que não consegui resistir, ainda por cima é todo forrado a pelo e o tamanho maior serve-me, como se pode ver. A camisola, tão gira, é da Springfield, existe noutras cores e padrões e agora está em promoção, é aproveitar (link no final do post).

Espero que gostem e desejo-vos um muito Feliz Natal! :)


4 dias mais que merecidos

Se eu vos disser que desde Agosto (Agosto!!) que não tenho 4 dias (nem 3) seguidos de descanso, vocês acreditam? É que é verdade. Sei que não devo ser a única, mas não se esqueçam que eu trabalho e estudo. Não me estou a queixar, até porque faço-o porque quero e adoro o meu trabalho, mas ando cansada. Mesmo muito. Chego ao fim do dia e no caminho para casa quase me deixo dormir, o que não convém acontecer a conduzir como sabem. Por isso estes 4 diazinhos de descanso vão saber mesmo bem, vou tentar fazer coisas que tenho pendentes, mas também descansar e aproveitar ao máximo. E como hoje é véspera de Natal tenho um look natalício para vos mostrar, é já daqui a bocadinho.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Hoje

Hoje decidi naqueles 5 minutinhos "livres" de manhã aventurar-me e tentar fazer um penteado diferente. Às vezes fico cansada de usar sempre o cabelo solto e o máximo que costumo fazer é meter uns ganchos ou fazer uma trança pequenina. Hoje não, fiz uma espécie de trança que de trança não tem nada e o que saiu foi isto:


Não achei mesmo nada difícil de fazer, é apenas apanhar o cabelo por partes e ir enrolando o apanhado para dentro. Se quiserem uma ajuda mais específica é dizer que eu tento explicar melhor.

Fish & Chips

Já tinha visto que este restaurante - The Fish & Chip Shop - tinha aberto por Lisboa há algum tempo e já queria ir lá desde essa altura. Mas ainda não se tinha proporcionado a altura certa. Ontem fomos, decidimos assim meio em cima da hora: vamos? Vamos! E fomos. Depois de uma eternidade em filas de trãnsito (isto tem estado completamente impossível por aqui), chegámos. Não estava ninguém ainda e o restaurante estava muito frio, mas tinham umas mantinhas fofinhas a que dei uso. Pedi o fish and chips (há também choco and chips) e posso dizer-vos que estava mesmo muito bom. É um prato que vem do Reino Unido e é altamente calórico, mas é óptimo e é Natal, por isso tudo bem. Amanhã ou ainda hoje vou correr prometo.

Promoções e mais promoções #3

E porque não tarda não há mais nada na nossa mente se não os saldos e promoções, continuo a mostrar-vos coisinhas que podem ir já comprando antes da confusão geral (como se não tivesse já confuso suficiente). De qualquer forma podem sempre comprar online, algo que faço muitas vezes. Vamos então à Mango, que já tem umas promoções bem jeitosinhas, com sorte ainda conseguem comprar aquelas prendas de Natal que faltam.


No meu iPod #72



Bom dia!
É quase quase Natal :)

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Promoções e mais promoções #2

Continuamos com as promoções que já andam por aí, indo agora até à SheIn, uma loja online que tão bem conheço e com a qual tenho tido óptimas experiências. Esta loja está com descontos até 60% e eu mostro-vos as coisas que acho que valem a pena.

aqui

Everything I want #7

Só porque me lembrei que preciso mesmo de calças, vou voltar aos meus pedidos, agora para o Natal, visto que já fiz anos, no entanto se me quiserem dar prendas de anos atrasadas também não digo que não. Eu descobri há alguns meses as calças da Tiffosi e fiquei rendida, ainda por cima tinha ideia que era uma marca cara, mas a nível de preços está muito ao nível da Zara e companhia. Em relação à qualidade acho bem melhor. Tenho dois pares, umas de cintura bem subida e outras de cintura descida e gosto muito das duas. Vestem bem, são confortáveis e não alargam tanto como as outras, o maior problema com que me debato em relação às calças. Sou mais dada às gangas assim mais normais, mas também queria umas de ganga preta. Ficam as minhas escolhas.

aqui


Look #69: peace and hope

Estas fotos foram tiradas antes de limpar as minhas UGG (como expliquei ontem aqui), por isso conseguem reparar que estavam um pouco manchadas da chuva que apanharam. Neste dia apetecia-me mesmo um look assim, calças de ganga, uma sweat e umas botinhas mega confortáveis. Esta sweat é da Springfield e é tão fofinha, principalmente por ser naquela que considero "A" cor deste Inverno: bourdeaux. As calças também são da Springfield e gosto tanto delas que fico cheia de pena que estejam a alargar, algo que me acontece com as calças quase todas. É um look simples e muito prático, espero que gostem.


segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Tratar bem as minhas UGG

Como sabem recebi umas botas UGG pelo meu aniversário, as tão conhecidas pantufas para usar na rua. Elas são mesmo confortáveis, adoro usá-las e não acho que sejam difíceis de conjugar, muito pelo contrário. Tanto que amanhã partilharei já um primeiro look com elas! Mas hoje venho aqui falar-vos dos produtos que precisamos se queremos que as nossas UGG se mantenham lindas e perfeitas toda uma vida. Principalmente se forem como eu, que as usei logo na primeira vez à chuva. Na verdade já as tinha usado em casa, na minha festa de aniversário quando os botins me começaram a fazer doer os pés. Mas no dia seguinte quando fui até à Baixa passear e estava a chover a potes decidi calçá-las também. Enfim, também tenho ideias parvas. Resultado: botas todas encharcadas e cheias de pequenas manchinhas.

Foi então que me lembrei que se calhar era melhor comprar um produto específico para as limpar e proteger. Fui ao site oficial das UGG e vi que havia um conjunto com os vários produtos que ficava bem mais em conta do que comprar cada um em separado (aqui). Depois lembrei-me do site da EscapeShoes e reparei que também eles tinham este conjunto (aqui) e ao menos é um serviço que já conheço e certamente que chegaria mais rápido. Encomendei e chegou passado 1 dia. Claro que só tive tempo de as limpar este fim-de-semana, que eu sou uma pessoa que não tem tempo para nada. Limpei-as tendo em conta o que diz aqui e aqui e ficaram como novas.

Amanhã o primeiro de muitos looks com as pantufas mais adoradas e simultaneamente mais odiadas do mundo.

The walk

Vi no Sábado este filme que conta a história verídica de um acrobata que, em 1974, decidiu fazer o caminho entre as duas torres gémeas. O filme é quase um documentário e por essa razão tem algumas partes mais aborrecidas, mas é mesmo incrível perceber que aquilo aconteceu de verdade. Philippe Petit é um acrobata francês que tinha como sonho fazer o percurso de 74,5 metros entre as duas torres, isto quando elas ainda estavam a ser terminadas de construir. O filme é interessante principalmente por sabermos que aquilo aconteceu mesmo. Porque parece mesmo impossível que algo assim tão espectacular (louco?) possa algum dia ter sido verdade.

Segunda-feira de uma semana mais pequena

O fim-de-semana foi mesmo para descansar, algo que estava mesmo a precisar. Só saí para dar uns passeios com a Maisie e para correr. De resto foi ficar em casa a ver séries e filmes, tão bom. E esta semana, para mim, só tem 3 dias de trabalho, iupi!

domingo, 20 de dezembro de 2015

No Coração do Mar

Eu vejo tantos filmes que às vezes não tenho tempo de escrever sobre todos os que quero aqui. O que é pena, porque gosto de dar algum feedback do que vejo, para que saibam a minha opinião. No dia dos meus anos queria ir ao cinema ver "A Viagem de Arlo", mas não havia nem uma sessão a horas que eu pudesse, visto que nesse dia estreou o "Hotel Transylvania 2", que também gosto mas já tinha visto online. Posto isto fomos ver "No Coração do Mar", um filme que me pareceu interessante, apesar de nunca ter pensado ir vê-lo ao cinema. O filme conta a história da tragédia que aconteceu com o Essex, um navio que foi atingido por uma baleia. Esta história é verídica e foi ela que deu origem ao tão aclamado livro Moby Dick. Na minha opinião o filme é mesmo interessante, nada aborrecido e está muito bem feito. Se puderem vão ver, prometo que vão gostar.

sábado, 19 de dezembro de 2015

Promoções e mais promoções #1

Se até há bem pouco tempo ficavamos todos à espera dos saldos, que começavam todos ao mesmo tempo, os de Inverno só depois do Natal. Agora já começam a aparecer as promoções, até antes do Natal. Já há algumas lojas com descontos, alguns bons, outros nem por isso. A Springfield já começou com alguns descontos em quase toda a colecção. Ora vejam as coisinhas que eu acho que valem a pena.


No meu iPod #71

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Problemas realmente importantes

Tenho uma bolha horrível no polegar da mão. Tenho o dedo todo vermelho e inchado. A bolha parece rebentada porque deita líquido. Mal consigo dobrar o dedo e dói imenso. Algum conselho? É que a última vez que tive uma bolha acabei a desmaiar no hospital (sim, sou uma flor de estufa).

Já temos puzzle!

Há uns 2 ou 3 anos que todos os Natais fazemos um puzzle. Lembro-me que o primeiro foi um dos Simpsons que demorámos tanto a fazer que quando chegámos ao fim faltavam 3 peças. O ano passado quando me lembrei de o comprar já só havia restos e acabei por comprar um não muito giro e pouco interessante. Este ano lembrei-me ainda a tempo (mais ou menos vá) e fui à Fnac em busca de um. Havia este, tive mesmo de o trazer.

aqui

República das bananas

É verdade, ontem fui ver a revista República das bananas de La Féria. Ofereceram-nos bilhetes e como era o aniversário da minha mãe fomos ver. Não é o tipo de espectáculo que eu aprecie, mas decidi dar uma hipótese e posso admitir que até gostei. Está bem escrito e tem muita graça em algumas cenas. Achei que é demasiado longo, mas talvez tenha sido por ir ver num dia de semana e porque hoje tive de acordar cedo. No geral achei giro, principalmente para pessoas que gostam deste género de espectáculos e está tudo muito bem feito e planeado.
Não se podem tirar fotos, mas eu não sabia e ainda tirei duas (ups!).

Juro que me calo com o Star Wars (mas ainda não é agora)

Malaika Raiss, de quem nunca ouvi falar, pediu autorização à Disney e criou colares, brincos e anéis alusivos ao Star Wars. São jóias baratinhas, com preços que vão desde os 70 aos 600€, coisa pouca. Mas lá que são fofinhas, isso são.


quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Gosto tanto

Estes bonequinhos da Pop! são a coisa mais querida, mesmo mesmo giros. Há de filmes, de séries, de jogos, de desporto e muitos outros. Adorava ter uma prateleira cheia deles, das mais variadas séries e filmes. Aqui ficam os meus preferidos (alguns, porque se metesse todos nunca mais saía daqui).


Não vamos falar sobre o Star Wars

Que estreou hoje e eu só vou ver daqui a 10 dias, depois do Natal. Não quero saber de pessoas que já tenham visto, não quero saber se é bom ou mau (já sei que está espectacular), até porque depois há aquela coisa das expectativas e tal.
Não quero spoilers (!!). Não venham para aqui falar sobre isso, está bem? Estou a tentar não pensar nisso. E olhem que até há 1 ano atrás eu pensava que odiava aquilo. Agora estou para aqui em pulgas e a pensar que vou chorar quando ouvir aquela música na sala de IMAX, eu que nunca choro a ver filmes. Aiiiiiiiiii.


Parabéns à melhor mãe do mundo

Hoje é o dia do aniversário da minha mãe e eu já escrevi sobre ela aqui, no Dia da Mãe. Ela faz anos uma semana depois de mim, o que significa que está tão farta de festas e de bolos que nunca quer festejar o seu dia. Isso aborrece-me, porque ela merece que se comemore o dia dela, mesmo que seja nesta altura tão cheia de festividades.

Ouviste mãe? Quero que tenhas um dia lindo, como tu mereces!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Resoluções de Ano Novo

Janeiro está quase aí e é inevitável pensar nas resoluções de Ano Novo. As que passaram e as que vêm aí. Quanto às do ano que passou fui espreitá-las e vi que tinha 10 resoluções e posso dizer que cumpri 7 delas, sendo que uma já não pretendo realizá-la e outra não depende de mim. A terceira que não realizei foi "ler muitos livros", visto que só li cerca de 3, derivado do pouquíssimo tempo que tenho para me dedicar a algo que gosto tanto. Entre as várias que cumpri posso dizer que estava: esterilizar a Maisie; começar a correr; não bater com o carro (ai que o ano ainda não acabou, bater na madeira!); arranjar um novo emprego, que cumpri logo no início do ano; entre outras que agora não interessam nada. Quanto às resoluções para o ano que aí vem ainda não sei muito bem o que quero fazer, porque não tive a pensar muito nisso, mas sei que quero começar a comer melhor, fazer um esforço mesmo grande para isso. Nada de loucuras nem nada disso, só comer melhor, nem que seja apenas comer mais fruta, já é uma melhoria. Sei também que quero terminar o primeiro ano de Mestrado e assim ficar com a Pós-Graduação. Quero também continuar a correr e tentar (mesmo) ler mais. Prometo que irei escrever as resoluções mais uma vez, como tenho vindo a fazer todos os anos, até porque adoro chegar ao fim do ano, ou mesmo a meio, e reler para saber como me ando a portar.

New in

(Aquela malinha cor-de-rosa... suspiros, muitos suspiros)


Então e prendinhas?

Vocês queriam ver as prendinhas que recebi, por isso aqui estão algumas delas. Para além disto recebi ainda um livro do qual darei feedback quando ler e uma camisola mesmo gira da Zara (esta aqui).


terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Look #68: birthday girl

O vestido para a minha festa de anos já estava comprado há algum tempo, foi uma compra da black friday na Mango, que estava com 30%. Os botins são da Zara e o casaco é da Pull&Bear, mas já é antigo. Estas são as primeiras fotos em que me vão ver com maquilhagem (só nos olhos praticamente) e deixem-me dizer-vos que não adoro ver-me assim, gosto muito mais de cara lavada e apenas um batom para dar cor. Por acaso esteve um dia óptimo de sol, mas à hora a que começámos a tirar as fotos começou a ficar mais escuro o que dificultou um bocadinho a tarefa. Espero que gostem!


Mais fotos da festa

Agora que já consegui passar as fotos da máquina para o computador aqui ficam algumas fotos da festa, não são muitas porque em quase todas aparece alguém da minha família ou amigos. Aqui estão fotos dos dois bolos de anos e do colar lindo que a minha bf me deu.

Volto já já com o look da festa!


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Star Wars by Pull&Bear

O filme estreia esta semana, mas o Merchandising já está por todo o lado há alguns meses. Eu gosto muito dos posters, dos Legos, das canecas e outros acessórios tão giros que há principalmente na loja da Disney. Agora a Pull&Bear lançou uma pequena colecção com algumas peças do filme, ora vejam.


Ontem

No Sábado já passava das 3 da manhã quando me deitei e ontem às 9h já estava de pé a arrumar a casa toda que, claro, ficou de pantanas. A ideia era ir ao cinema ver "A viagem de Arlo", um filme que não quer mesmo que eu o veja. Decidimos ir à sessão das 15h, o problema é que toda a gente se lembrou de ir fazer compras de Natal ao mesmo tempo e foi mesmo difícil chegar ao centro comercial. Chegámos já em cima da hora, mas a tempo de ver o filme, caso a sala não estivesse já a abarrotar e só com 2 lugares livres... na segunda fila! Decidimos então ir andando para Lisboa, onde íamos ver o espectáculo de luzes que por estes dias está a dar no Terreiro do Paço. Esquecendo o facto de estar a chover a potes, o espectáculo é bem giro e a zona da Baixa/Chiado está mesmo gira, cheia de luzes de Natal.

Para quem estiver interessado, o espectáculo de luzes acontece todos os dias até dia 20, às 19h, 20h e 21h, ali na zona do Terreiro do Paço.


Agora que tive 5 segundos para respirar

A festa no Sábado foi muito gira mesmo, uma animação e cheia de surpresas. Estava à espera de duas pessoas da família e acabaram por vir 14! Foi tão giro. Trouxeram um bolo de anos lindo e  tão original. Tenho muitas fotos para vos mostrar, incluindo o look escolhido especialmente para o dia, mas ainda não tive tempo para nada, nem sequer para as passar para o computador. Vou tentar fazer isso hoje e amanhã mostro tudo. Por agora fiquem com as fotos que fui partilhando pelo Instagram e Facebook.

A prenda mais fofinha de sempre! As tão desejadas UGG.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Preciso urgentemente de férias

Ontem deitei-me muito tarde, fruto de ter ido ao cinema à noite, numa tentativa de aproveitar ao máximo o meu dia de anos que foi passado a trabalhar. Hoje acordei bem cedo e ainda estou nas aulas, que só acabam lá para as 23h. Sim, estou muuuuito atenta, não haja dúvida, até porque passado estas horas todas estou com a capacidade de atenção de uma alforreca.

Vestidos festivos

Eu adoro ter uma roupa nova e especial para usar nestes dias festivos, principalmente vestidos. Acho que os dias são tão especiais que devem ser comemorados a preceito. No entanto, por vezes dou por mim a comprar peças que acabo por não usar muito mais vezes. Por isso agora tenho tentado optar por peças mais fáceis de adaptar ao dia-a-dia e que não me levem o ordenado. Estes vestidinhos todos são da SheIn e o mais caro custa cerca de 25€. Já recebi várias peças desta loja online e garanto-vos que é de confiança e as peças são muito fieis às imagens. No entanto, caso não sejam ou não vos fique bem podem sempre devolver facilmente.

aqui

No meu iPod #70



In repeat.
Já volto com sugestões de vestidos giros e baratos para esta época festiva!

Look #67: fluffy hat

Eu gosto de gorros, acho que já tinha dito aqui, mas na verdade não uso assim tanto, porque nem sempre se proporciona. Este já é do ano passado, mas continuo a achá-lo super fofinho. Quando o tenho posto parece que sou totalmente ruiva, mas a verdade é que o meu cabelo fica bem mais ruivo nas fotos! Achei por bem combinar a cor do gorro com a cor das collants e apostar em cores mais neutras no resto das peças. Resultou num look quentinho e mesmo à Inverno, que espero que gostem!


quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Olha um header natalício!

Obrigada Palmier :)

(fica aqui a imagem em repeat para mais tarde recordar)

My birthday

E porque tenho de trabalhar no meu dia de anos, aproveitei a hora de almoço para ir à Hã, uma hamburgueria em Carnaxide a que já tinha ido uma vez. Desta vez pedi o hambúrguer de frango e devo dizer que estava mesmo bom. Logo há jantar e cinema! A celebração propriamente dita será no Sábado e prometo muitas fotos.


25

Nasci há 25 anos, pelas 9h50 da manhã. A minha mãe tinha tido a minha irmã há apenas 18 meses e eu cheguei para dar cabo disto tudo. Fui uma bebé calminha, pouco chorona, que não queria chupeta e também não gostava nada de comer. Nasci bem gorduchinha, mas fui ficando uma pequena trinca-espinhas ao longo da minha infância. Aos 3 meses fui para o infantário porque teve de ser e aos 5 anos entrei para a escola primária. Penso que tive uma infância feliz, cheia de pequenos amiguinhos e muitos risos. Era uma criança simples, simpática, reguila, mas sempre sorridente. Aos 17 anos começaram os verdadeiros problemas com a faculdade, sabia lá eu o que queria fazer da vida com essa idade (ainda não sei muito bem). Gostava de várias coisas e isso complicou-me um bocadinho a vida, mas era muito boa a matemática e decidi seguir esse caminho. Errei redondamente. Fui para Matemática Aplicada e não gostei, mudei para Marketing e gostei muito dos 3 anos que passei a estudar para isso. Não me arrependo nada desta parte da minha vida, estou num trabalho que gosto muito e espero conseguir manter. Faço o que gosto, apesar de muitas vezes me apetecer muito mais ficar na cama a vegetar. A vida assusta-me há muito tempo, porque penso demasiado nas coisas e sou muito exigente. Às vezes gostava de ser mais simples e um bocadinho mais ignorante, mas não dá. Por isso tento só ser eu própria e preocupar-me muito pouco com o que os outros pensam. Talvez essa seja a melhor e pior coisa em mim, tento não ter filtros, ser simplesmente eu. Até porque não há outra pessoa que eu consiga ou queira ser se não eu. Na maior parte das vezes pode não ser fácil, mas as outras vezes consigo realmente perceber que talvez isto de viver até seja bom. A vida é uma coisa mesmo assustadora e às vezes acho mesmo estranho como conseguimos ser felizes com tudo o que se passa à nossa volta. Mas acho que posso dizer que sou feliz na maior parte dos dias, nos outros tento esquecer-me do mundo e ser feliz também.

Entretanto se quiserem saber mais sobre mim vão aqui. Se não quiserem, fiquem com algumas fotos, só porque hoje é o meu dia e posso ser egocêntrica à vontade.


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Isto de ter um blogue

Eu decidi ter um blogue porque sentia necessidade de ter um espaço onde pudesse escrever sobre algo que me apetecesse ou mesmo partilhar coisas giras. Um espaço meu para colocar tudo o que quisesse. Quando o criei pensei que me fosse fartar passado pouco tempo, mas isso (ainda) não aconteceu. Gosto de vir cá, escrever, partilhar, mostrar looks, construir coisas giras para mim e para alguém que queira ver. Mas não sinto isto como uma obrigação e não é, de todo, uma dor de cabeça. Acho que as pessoas criam blogues só porque sim, sem definirem sequer o que vão fazer por lá, criam e pronto, é esperar para ver. Isso não é necessariamente mau, a questão é que as pessoas hoje em dia só querem ter o que os outros têm, sem pensar se é isso que faz sentido para elas. Eu tenho um blogue porque adoro escrever, porque gosto de conjugar umas peças e tirar fotos para inspirar, ou não, alguém. Gosto de ler as vossas opiniões, de saber que há alguém desse lado, de sentir que sirvo para alguma coisa. Eu sou extremamente anti-social e calada, por isso ter um blogue dá-me alguma liberdade e confiança para ser um bocadinho mais aberta e menos nervosa sobre o mundo em geral e as pessoas em particular. Este blogue é meu e reflecte exactamente aquilo que eu sou, não imito ninguém, não me inspiro aqui e ali para fazer igual, não quero nem vou fazer isso, nunca. Mas ter um blogue dá trabalho, requer paciência, pede inspiração e tira-nos tempo. Faz parte. As pessoas que criam blogues só porque sim é que não sabem disso e pensam que isto é tudo muito giro, super fácil e que nos sai naturalmente da ponta dos dedos. Não é bem assim. Eu trato de tudo neste blogue, vêm-me assuntos à mente e tento não me esquecer deles até ter um tempinho para escrever, penso em peças que quero mostrar-vos e pedincho a alguém para me tirar fotos, depois é escolher as fotos e tudo e tudo. Só quem tem todo este trabalho sabe que não é só criar um nome e está a andar. É por isso que às vezes me custa ouvir certos comentários. E atenção que eu não contei a ninguém que tenho um blogue, não faço questão que saibam sequer. Porque se umas desvalorizam totalmente aquilo que eu faço, pensando que podem simplesmente tirar 5 minutos do seu dia para fazer igual; outras dão demasiada importância e pensam que isto é tão giro, tão fixe, que maravilha. Não é. Já recebi comentários desagradáveis de pessoas que provavelmente não me conhecem de lado nenhum e que não sabem que a minha auto-estima não é propriamente a melhor coisa do mundo. Pessoas que não sabem o tempo que demorei a gostar de mim e que dizer coisas más não vai trazer nada de bom para ninguém. Comentem à vontade, dêem a vossa opinião mais sincera, mesmo que seja negativa, mas não sejam desagradáveis de propósito e só porque sim. Sim, tenham blogues e divirtam-se com eles, mas não tenham só porque outra pessoa também tem e não imitem, não tentem ser iguais a alguém que não vocês.

Ahhh, can't wait!

Faltam 8 dias para a grande estreia do ano - Star Wars: The Force Awakens. Passados 10 anos do último filme da saga ter estreado, eis que começa uma nova e com certeza fantástica trilogia. Eu só comecei a ver estes filmes há cerca de 1 ano, mas fiquei completamente rendida e agora dou por mim a esperar ansiosamente pela estreia deste. Apesar de saber que tinha de reservar o bilhete se queria ver o filme ainda este ano, acabei por adiar e adiar... Então quando consegui reservar já só arranjei lugar para dia 27! Passados 10 dias da estreia. Isto porque queremos ver em IMAX, que para estes lados só existe no Colombo. O problema vão ser os spoilers, detesto spoilers! Mas não há-de ser nada, não é verdade? Só tenho de me fechar em casa durante 10 dias, não aceder à Internet, não ver televisão nem ouvir rádio. Vai ser canja.

Look #66: black blazer

Faltava-me um casaco preto de Inverno no roupeiro, mas não andava propriamente à procura dele. Só que vi este pendurado na Zara e quando o experimentei percebi que era este. É um blazer comprido e penso que cai muito bem e se adapta a um sem número de looks. As calças são da Tiffosi, descobri recentemente que adoro as calças de lá, eu que tinha montes de problemas para encontrar umas que gostasse. Sei que parece que tenho duas camisolas, mas na verdade é só uma, e gosto dela por ser larga e super casual.

(Sabem que dia é amanhã?)

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Hoje